top of page

GIFA 2019 - Um panorama da Maior feira de Fundição do Mundo

Tive a oportunidade de visitar a GIFA 2019 a maior feira de fundição do mundo, aproveitei a oportunidade para buscar novidades tecnológicas e inovações e visitar as empresas brasileiras que bravamente estavam expondo na feira. A feira ocorreu na última semana de junho (de 25 a 29 de junho) em Dusseldorf na Alemanha a feira é considerada a maior do mundo, mas a GIFA na verdade é um conjunto de feira que ocorrem ao mesmo e que

reúne 4 feiras em uma só: A METEC, Therm process, Newcast e GIFA, sendo que GIFA é a mais conhecida. Para explicar um pouco da feira ela acontece a cada 4 anos, o que possibilita um universo de novidades a cada edição, ela ocupa 12 pavilhões, cada pavilhão com tamanho equivalente a um expocenter norte.

As feiras são divididas da seguinte forma:

- METEC - é uma feira com foco em produtos e equipamento para industria siderúrgica e de lingotamento contínuo;

- THERM PROCESS - feira focada em fornos e produtos para fusão de metais e tratamento térmico.

- GIFA feira focada em maquinas, insumos, equipamentos e serviços para fundição e também produtores de fundidos.

- Newcast feira focada em fundidos e produtores de fundidos.

Para facilitar a compreensão da estrutura da feira coloco abaixo o mapa oficial:


Na minha visão, posso dizer que vi uma feira marcada pela pluralidade, são muitas opções de fornecedores, de produtos e de tecnologias. Vou elencar alguns pontos de vista que inclusive apresentei no 15º Encontro dos fundidores do Paraná na última sexta feira dia 06/07/2019, são eles:

- Invasão indiana: Apesar de haver gente do mundo inteiro me chamou atenção a quantidade de Indianos na feira, tanto visitando quanto expondo, consegui verificar a presença dos indianos em todos os pavilhões, mostrando que sua participação no mercado mundial está consolidada, mostrando que precisamos inclui-los como player em nossos negócios.

- Inovações incrementais: Apesar de não ter conseguido visitar todos os stands como gostaria, não consegui identificar grandes inovações disruptivas, ou seja, novos conceitos partindo do zero. As inovações apresentadas, em sua maioria são incrementais, ou seja, inovações que melhoram o que já existe.

- Foco total em robôs: Nesta feira pude perceber que a maioria das automações estão focadas na utilização de robôs para realizar atividade que hoje são realizadas por seres humanos, esta é uma tendência reduzir a utilização de mão de obras em atividades rotineira e de baixa complexidade. Muitas soluções que a algum tempo pareciam difíceis, graças a evolução rápida da robótica, foi apresentado como possíveis e mais importante, viáveis economicamente. Destacando que a rebarbação de peças não seriadas e de geometria complexas continuam sendo o maior desafio neste processo de automatização com robôs na fundição.


Fernando Oliveira é especialista em fundição e fundador do Doutor Refugo. contatos pelo fgocoach@gmail.com

46 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page